domingo, 27 de novembro de 2016

Advento . 2016

É o tempo do cumprimento da promessa de Deus.


(Salmo 26) O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? 
O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?

I Domingo do Advento (A) 


I Domingo do Advento 
Apresenta um apelo veemente à vigilância. 

A primeira leitura Profeta Isaías 2,1-5 
Convida todos os homens, de todas as raças e nações 
a dirigirem-se à montanha onde reside o Senhor. É do 
encontro com o Senhor e com a sua Palavra que resultará 
um mundo de concórdia, de harmonia, de paz sem fim. 

Salmo 121, 1-2.4-5.6-7.8-9 (R. Cf. 1) 
Que alegria, quando me disseram: Vamos à casa do Senhor!

A segunda leitura Carta de São Paulo aos Romanos 13,11-14ª 
Recomenda aos crentes que despertem da letargia que os 
mantêm presos ao mundo das trevas, o mundo do egoísmo 
da injustiça, da mentira, do pecado, que se vistam da luz 
(a vida de Deus, que Cristo ofereceu a todos) 
e que caminhem, com alegria e esperança, ao encontro 
de Jesus, ao encontro da salvação.

O Evangelho de São Mateus 24,37-44 
Apela à vigilância. O crente ideal não vive mergulhado nos 
prazeres que alienam, nem se deixa sufocar pelo trabalho 
excessivo, nem adormecem numa passividade que rouba as 
oportunidades; o crente ideal está, a cada minuto que passa 
atento, vigilante, acolhendo o Senhor que vem, respondendo 
aos seus desafios, cumprindo o seu papel 
 empenhando-se na construção do Reino. 


Salmo 121: Que alegria, quando me disseram: 
Vamos à casa do Senhor!

Por amor a meus irmãos e meus amigos, peço: 
A paz esteja em ti!
Pelo amor que tenho à casa do Senhor: 
Eu te desejo todo bem!