quarta-feira, 15 de março de 2017

Reflexão - 2017



Perante Deus são iguais todos os homens. 
Todos nascem igualmente fracos, se acham submetidos 
às mesmas dores e às mesmas leis da natureza. 
A nenhum homem, Deus concedeu superioridade natural 
nem pelo nascimento, nem pela morte. 
Todos, aos seus olhos, são iguais e todos têm 
uma única finalidade: atingir a perfeição.