sexta-feira, 3 de março de 2017

Reflexão - 2017



O cristão que foge ao contato do mundo, a pretexto de 
preservar-se do erro, é uma flor parasitária 
e improdutiva na árvore do Evangelho. 
A seara do Senhor não necessita de cânticos e ladainhas 
mas de trabalhadores abnegados e fiéis. 
Do esforço dos cristãos é que deverá brotar a sementeira 
renovada de um amanhã pleno de paz e fraternidade.