quarta-feira, 8 de março de 2017

Reflexão - 2017



Se nos cabe reconhecer no homem o condutor da Civilização 
e o mordomo dos patrimônios materiais, na Terra 
não podemos esquecer de identificar na mulher 
o anjo da esperança, ternura e amor. 
A missão feminina é espinhosa; mas, efetivamente, só a mulher 
tem bastante poder para transformar os espinhos em flores.